quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

O dia que eu machuquei a minha filha...

e estou arrasada, péssima, péssima mesmo...

Sou super cuidadosa com a Andressa, mas hoje não entendo o que aconteceu. Fui cortar as unhas dela e cortei um pedacinho do dedinho. Pense num desespero. Meu e dela.

Além do susto ela teve dor, porque gritava com as lágrimas saltando dos olhos. Enquanto eu desesperada chorava e tentava ver o tamanho do corte. Foi um pedacinho considerável, levando em consideração o tamanho minúsculo do dedinho.

A sorte foi minha empregada estar em casa no momento. Eu simplesmente não conseguia raciocinar, só chorava abraçada nela e pedia desculpas. A Lúcia trouxe rapidinho remédio pra dor e um anti-séptico e depois de uns 3 minutos ela se acalmou.

Eu ainda estou arrasada e culpada. Não me conformo, não sei como fui fazer isso. Não me perdôo. Passei o resto do dia com ela no colo. E de agora em diante as unhas dela só serão cortadas com ela dormindo bem pesado.

6 comentários:

Lane e Pedro Henrique disse...

Por aqui também é um sufoco para cortar as unhas do PH. Preciso que alguém distraia ele com algum brinquedo para poder cortar as unhas. As unhas do pé, então, são as piores.

Isabela disse...

Ai Dea, já aconteceu comigo também e fiquei arrasada.
Mas hoje Nina deixa eu cortar...

val maria; disse...

fiz a mesma coisa com luísa e uma amiga com o filho ainda na maternidade. isso acontece, por mais cuidado que a gente tome!

claro que a gente tem vontade de morrer, por machucar um bebê tão indefeso, mas o jeito é fazer isso com eles dormindo o mais pesado possível mesmo. se lu tiver acordada, é impossível!

muita calma nessa hora.

beijos!

Leticia disse...

Déia eu tb fiz isso com a Ana Laura, cortava com tesourinha, mas depois disso passei a usar mini-cortador de unha, e nunca mais aconteceu, tadinhas!
bjus Leti Azeredo

Sabrina, mamãe da Maria Cecília disse...

Ai, eu morro de medo de acontecer isso comigo...Corto com ela acordada, mas sempre cantando e pedindo a Deus pra ela não se mexer bruscamente (impossível pra uma bebê de 04 meses e meio).
As unhas dos pés também são um problema, pois ela encolhe os dedinhos.

Andrea Nunes disse...

Lane e Isa, agora só dormindo mesmo, ela era calminha, me deixava cortar sempre!

Val, que bom que voltou com o blog!

Leti, eu tava usando cortador menina, também acho mais seguro.

Sabrina, vai por mim, só dormindo, foi horrível, não consigo ler teu blog :(