quarta-feira, 15 de junho de 2011

A rapadura é doce, mas não é mole não!

entre
5:00 e 6:00 - Andressinha começa a perder o bico e chorar por ele,
* mamãe levanta, deita, levanta, deita, levanta, depois da terceira vez mamãe dá um cutucão no papai e diz que agora é a vez dele, papai trás Dressinha pra nossa cama, porque ele é adepto da lei do menor esforço, com ela do nosso lado é mais fácil enfiar o bico na boca


6:00 - toca o despertador do marido
- a pessoa ainda enrola na cama mais um pouco, enquanto marido levanta
6:45 - a pessoa pula da cama pensando que não é possível alguém viver desse jeito, que só podia estar louca quando inventou essa coisa de ser mãe, que a vida das criaturas sem filhos deve ser bem mais divertida, quanto tempo mesmo falta pra elas se formarem e se casarem e cada uma ir morar na sua própria casa? (claro que imediatamente penso na chantagem emocional que vou fazer para que elas morem nas casas ao lado da minha)
7:20 - levar Natinha pra escola
7:30 - escritório
(pausa pra respirar aliviada, ler o jornal calmamente enquanto tomo um capuccino e como meu pãozinho de todo dia)
(segunda pausa para conversar com o marido -sem ser interrompida- que fica na sala ao lado)
8:10 até 11:50 - descansar (ops, advogar, porque desde que a Andressa nasceu advogar é meu descanso)
12:00 - pegar Natinha na escola, perguntar cada detalhe da aula, dos amigos, da professora, do que estudou, do que brincou (nem sempre ela responde bem humorada ao meu interrogatório)
12:15 - afofar a Andressa em casa
12:20 - trocar a Andressa
12:30 - engolir a comida (ops, tentar almoçar)
12:35  até 23:00 - brincar com Andressa, fazer tarefas com a Natália, fazer a Andressa dormir, trocar a Andressa, embalar e brincar com a Andressa, ouvir as histórias da Nati, ver TV com as duas, trocar, embalar, brincar, picar frutas para a Andressa, picar frutas para a Natália, brigar com a Natália para ela não andar descalça, trocar a Andressa, colocar o cachorro pra rua, atender o carteiro, fazer o bolo que a Nati pediu, aproveitar que a Andressa dormiu e cozinhar uns legumes no vapor, molhar as plantas, ajudar a Nati a desenhar uma casa, trocar a Andressa, enfiar a Andressa no Jumperoo para poder fechar a casa, olhar o último vídeo do Justin Bieber no youtube e explicar para a Natália que não, ela não vai ganhar o novo CD dele com as mesmas músicas velhas porque afinal, são as mesmas músicas velhas. Mandar a Natália pro banho, mandar a Natália pro banho, mandar a Natália pro banho, mandar a Natália pro banho, mandar a Natália pro banho. Desistir por enquanto. Dar banho na Andressa. Vestir a Andressa. Pentear a Andressa. Dar um ultimato pra Natália ir para o banho. Ameaçar tirar o celular dela por uma semana se ela não entrar no chuveiro em dez segundos. Dar janta pra Andressa. Pedir pro marido esperar só um pouco pra me contar uma novidade. Perguntar se o marido esquecer de fazer o jantar da Natália. Explicar pela décima vez, que não, a Natália não pode comer miojo de novo. Tentar fazer a Andressa dormir, desistir. Tentar, desistir. Tomar banho de 3 minutos enquanto marido fica com as meninas. Jantar em 5 minutos enquanto marido fica com as meninas. Recolher as 347897574 fraldas espalhadas pela casa. Mandar a Natália escovar os dentes e fazer xixi. Tentar conversar com o marido. Mandar a Natália escovar os dentes e fazer xixi. Levar a Natália para a cama, dar beijo e fazer rezar, ouvir ela contar mais alguma coisa sobre o Justin Bieber. Dar uns amassos na Andressa. Brincar com a Andressa. Cantar para a Andressa. Fazer a Andressa dormir.

23:00 - desligar o cérebro (ops, assistir a novela, bendito seja o inventor da SKY HDTV e do amado marido que paga a SKY HDTV que permite a gravação da novela e de todos os meios televisivos que uma mãe esgotada precisa para desligar o cérebro na hora que a família dormir)

00:00 - resgatar o marido que está roncando no sofá
00:05 - pensar em como seria bom se a Andressa não acordasse, se odiar porque fez ela chupar bico (ela só chora porque perde o bico)
00:06 - abraçar o marido e pensar em como tem sorte na vida de ter a família que tem
*pensar em como o tempo tem passado rápido demais e não quero que minhas meninas cresçam tão depressa assim, que eu não estou aproveitando tudo que devia...
*dormir abraçadinha no marido até a Andressa acordar...


Hummm, 00:00, hora de ir resgatar o marido no sofá...

6 comentários:

Dani disse...

Adorei! Muito!
E,ó, quando vc tiver vendo sua novela lá pelas 23:00, lembra que tem uma amiga aqui no interior de SP que teve um dia bem parecido com o seu e que, nessa hora, tá tentando achar algum programa legal na SKY porque não te HDTV em casa!
Beijo!
Dani

Lily disse...

Andrea, adorei o texto! Bem parecido com o dia a dia aqui em casa! Aqui em casa tem NET HDMax, realmente isso é uma bencao para as mamaes.
Bjs!

Graziele Mello disse...

oI PRIMAA. EU BAIXEI 2 CDS DO JUSTIN E MAIS 2 QUE SÃO MUSICAS ACUSTICAS... SE A NATY QUISER EU GRAVO PRA ELA!!!

PS/ BAIXEI PRO NIVER DA LU E NÃO PRA MIM TA AHAHAHAHAHAHA

Cris disse...

hehe, eh bem assim, mesmo! Adorei o relato.

Adiciona mais um filho aí... E, nossa, que loucura!

Beijao

@crislhullier

Denise disse...

kkkkkkk... Adorei!
Por aqui é uma correria assim tbm.
Bjs.

Paula Cortez disse...

Não sou casada, nem tenho filhos (rss ainda). Mas imagino o seu corre corre e adoro o modo que vc escreve sobre isso :) mts felicidades p vcs. Bjs