segunda-feira, 15 de março de 2010

Me mata de orgulho

- Manhê vou deitar aqui um pouquinho porque eu quero dormir abraçada no bebê, tá?
- Tá bom filha, dorme aqui que depois o pai te leva pra tua caminha.

- Oi bebê, é a Nati, sabia que tu é muito lindo ou linda?! Logo tu vai sair daí da barriga da mamãe e a gente vai se ver viu bebezinho bonitinho. A mana vai te dar beijo tá bebê. Só falta um pouquinho pra ti sair aí desse escuro. Que bonitinho esse bebê da Nati. Tu é o bebê da Nati mais lindinho do mundo.

* Tudo isso agarrada na minha barriga, dando beijos e falando baixinho com voz de criancinha. Um momento só deles em que eu continuei assistindo televisão fingindo não ouvir. E assim ela adormeceu, já amando o irmão ou irmã que vem por aí.

2 comentários:

Wlady disse...

que lindo!!!!! são os verdadeiros prazeres da vida!!
bjk

Rita disse...

Realmente um momento que deveria ser filmado, apesar de que com certeza,não sairá nunca mais da tua memória...parabéns, esta alegria não tem preço!!!