terça-feira, 24 de junho de 2008

Eu quero meu bebê de volta!

Mamãe e filhinha tomando banho juntas.

Ela - Manhê tu sabe que um dia o Leo fez uma coisa tão legal que a Isa disse que até ficou apaixonada por ele?

Mesmo filha? Mas ela não é muito pequena pra ficar apaixonada?

Ela - Aaaaaaaaaaaaaai mãe, a Ju e a Jô também já ficaram apaixonadas.

Hum, e tu?
(torcendo pra ela dizer, para com isso mamãe eu sou a tua bebezinha ainda, mal parei de tomar mama de nescau e usar fralda, eu quero assistir o discovery kid's e vamos cantar papagaio louro agora?)

Ela - Eu não falo a minha vida assim.

(para tudo, ela tem 5 anos, eu realmente não ouvi isso)
Como assim filha não fala a tua vida? Não conta teus segredos pras tuas amigas?

Ela - É mãe eu não gosto de falar porque fico com medo que elas contem.

Mas filha a gente precisa confiar na melhor amiga, a Isa não te contou o segredo dela, tu também pode contar o teu. Pra melhor amiga e pra mamãe a gente sempre pode contar os segredos.

Ela - Vou contar pra ti, eu já fui apaixonada um dia pelo Lo. Mas só um dia, depois não fui mais porque ele fez uma coisa idiota de areia com os guris que são nossos inimigos.

(Cataplof. Morri)

2 comentários:

Ana disse...

Eu também morro aos poucos com os meus por aqui.
E é então que me lembro que matei tantas vezes a minha mãe...assim caminha a humanidade.

Andrea Nunes disse...

heehheh

pior Ana, quandp penso no que a coitada da minha mãe passou...