quarta-feira, 3 de setembro de 2008

- Mas o que a porra da chave reserva tá fazendo lá dentro Déia?
- Sei lá, porque tu não tirou? Agora vai dizer que nem tinha reparado.
- Exatamente, isso é assunto de mulher.
- Hu-rum. Mas esmurrar a porta não vai resolver.
- Que merda, o cara chega cansado e não pode entrar no próprio banheiro.
- Tem mais dois banheiros em casa, deixa isso pra amanhã. Tu vai quebrar a porta. Não adianta esbravejar que ela não vai ficar com medo e abrir.
- Mas a porta tá fechada por dentro, não tem como fechar sozinha, não é possível, que tu fez nessa porta?
- Não, claro que não, meu amante se escondeu ai dentro. Deixe o pobre em paz.
- Eu to irritado e tu fica fazendo gracinha.
- To falando sério, ué. Para de bater na porta! Essa porta custou uns 300 pila, pra mais.
- Eu vou abrir essa merda.

vem da cozinha munido de dois facões, será que ele acreditou na brincadeira do amante? MeeeeeeeeedA.

- Era brincadeira.
- O quê?
- O amante ué, não precisa de faca não. Eu sou fiel.
- Me deixa Déia, eu vou abrir essa porra.
- Chaveiro?
- Não precisa chaveiro EU vou abrir.

claaaaaaaaaaaaro que o machão não vai pedir ajuda néammm

- Se tu estragar essa porta eu juro que amanhã me vingo e compro DUAS bolsas. Chama um chaveiro amor.

silêncio, oba, ele vai chamar o chaveiro

A criatura se arma, facão, escada, lanterna. Resolve arrombar a janela.

- Tá a janela custa menos, compro UMA bolsa pra me vingar.

silêncio

- Quer que eu procure um tele-chaveiro?

A criatura volta, além de todos badulaques anteriores, agora tem um arame e um cabide.

Passado uns 30 minutos, muita porrada na porta, muito palavrão, a porta está aberta.

Claaaaaaaaaaaaaaaaro que foi puro golpe de sorte de conseguir derrubar a chave e pescá-la por debaixo da porta. Tive que engolir a cara de "eu sou bom" e ficar sem minhas bolsas. Humpft.

O lado bom é que não vou precisar escovar os dentes com o dedo e usar pasta dental de tuti-fruti e gliter :o)

2 comentários:

Carlota. disse...

Tô rindo até agora..mas os homens são todos iguais mesmo. Só muda o endereço, a casa, as pessoas..e no mais são tão previsíveis..Beijocas da Carlota..bom sentir o quanto está bem..bom findi.

Luiza disse...

Eu também ri muito, principalmente pela parte do amante escondido no banheiro. hehehe
Uma vez o Guigo se trancou no banheiro (e eu tinha ligado o chuveiro, a gás) e marido também queria arrombar a porta.
Depois de imaginar a porta E a parede destruídas, de imaginar de que jeito ele arrombaria a janela do banheiro (o prejuízo menor) consegui empurrar a chave e pegá-la por baixo da porta...
Que susto.