segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Das minhas compras em Rivera...

Fui pra Rivera, no Uruguai, novamente. Meu avô e a esposa dele sempre gostam de ir um pouco antes do Natal para comprar presentes por lá. Sem contar que, apesar de estarem com 85 e 75 anos, respectivamente, são bem ativos e adoram viajar.

Desta vez acabei gastando mais do que programei. Mas o movimento menor, por conta do dólar mais alto, fez com que as lojas estivessem com mais opções e bem tranquilas para ficarmos "bisbilhotando" em tudo.

A Sineriz inaugurou sua loja de artigos esportivos e a loja de eletros/eletrônicos. Ficou ótima, porque antes o espaço era muito pequeno para a variedade de mercadorias que eles oferecem. Apesar da instabilidade do dólar, a maioria das lojas estava praticando a R$ 1,99, incusive a Sineriz. Vale ressaltar que o movimento mais fraco fez com que fossemos melhores tratados na Sineriz de perfumes/cosméticos/maquiagem, porque aquelas vendedoras são sempre antipáticas demais, é irritante. Nada como os brasileiros desaparecendo e, consequentemente as comissões delas diminuindo para aprenderem a sorrir rapidinho.

Muitos pontos para os vendedores da Sineriz de artigos esportivos, fui atendida por 3 pessoas diferentes e TODOS super simpáticos e atenciosos.

Ficamos no Hotel Portal, que tem uma ótima localização, facilitando a ida e vinda das lojas durante várias vezes ao dia. Já havíamos ficado lá outras vezes, mas com certeza essa foi a última vez. O atendimento estava péssimo, na sexta, as 14 horas ainda não haviam limpado nosso quarto, sem contar o café da manhã que estava horroroso, provei os 3 tipos de sucos oferecidos e optei em beber água, tudo de péssima qualidade, inclusive os pães e frios.

Ah, a rádio que estava sintonizada na hora do café da manhã era de mau gosto, contando piadas, inclusive com coisas nojentas, com risadas em um volume estrondoso.

Fomos na quinta e voltamos sábado, tive bastante tempo de gastar né.

Comprei:

- Tênis Nike,(1 pra mim, 1 pra minha irmã e 1 pro marido);
- Juicer Phillips walita
- DVD portátil coby
- Rádio Sony (desses pro marido ouvir futebol)
- Tostadeira
- Um pó facial da Dior
- Sombras Revlon
- Protetor Solar
- Shampoo e Condicionador John Frieda
- Creme para o rosto da St Ives ( MA RA VI LHO SO)
- Perfume Allure Feminino
- Perfume Bulgari Masculino
- Perfume CK Be Masculino
- Camisas Polo Nike e Tommy Hilfdger
- Abrigo feminimo Reebok
- Calça feminina Nike

E mais uns cacarequinhos né... Tudo isso COMPENSA MUITO!

A minha loja preferida de todos os tempos era a Neutral, mas desta vez poderia ter entrado somente na Sineriz e voltado pra casa, já ia ser de bom tamanho.

4 comentários:

Uana disse...

oieee
adorei seu post e o comentario sobre a sineryz..mto verdade, chegaram ate me chamar de querida...ve se pode.. isto depois de ter pedido 3 pares de tenis diferentes.. hahaha
Adorei a foto da tua filhinha com a bike....
um bjao Andrea...espero q tenha te feito bem esta viagem.. fica com Deus, mulher

Luiza disse...

Eu ainda não consegui companhia pra voltar a a Rivera (e esta alta do dólar não facilitou muito as coisas). Deveria ter falado contigo, né? :0)
Mas acho que mesmo a R$ 1,99 ainda vale a pena... E realmente, o atendimento do pessoal das lojas em tempos de dólar baixo era bem ruim. Pode ser que agora, com menos turistas, eles se convençam a ser mais simpáticos. Quando fui fiquei no Verde Plaza, um pouco afastado do comércio local, mas nada que um táxi não resolvesse... Beijão!

Ana disse...

Consumista hein !!!!!
Eu conheci a Neutral....(putz, fui pra Rivera em 92...)ahahahaha.
Àquela época a moda era o perfume Gelatti , você lembra ?

Andrea Nunes disse...

uana, estavam muitoooooooo simpáticas :o)

luiza, o hotel jandaia é pertinho e o atendimento é bom, eu gosto de ficar perto pra ir e voltar váááárias vezes, e o marido quando cansa vai pro hotel. Ele não tem a menor paciência, :o) Esse eu não conheço, da próxima vez quero ficar naquele uruguaio na sarandi mesmo.

Ana, tu acha???????? heheehhe
é que pra gente aqui é relativamente perto, então eu nem consigo pagar caro sabendo que posso ir a Rivera e pagar bem menos, deixo tudo que eu quero pra comprar quando viajo. Eu era bem mais pobre em 92, só usava perfume do Boticário nessa época, e se ganhasse de presente :o)