terça-feira, 8 de setembro de 2009

Tem vaga pra mim?

Amiga 1 - Tem dias que eu desanimo de advogar sabe?!
Advogada desanimada da vida - Se sei. Estou aqui grudada em uma apelação que eu não devia estar fazendo, o advogado do banco era quem devia estar preocupado em como livrar o cliente dele de uma indenização enorme, porque o cliente dele, o Banco, abriu um conta e forneceu cheque especial, 235 folhas de cheques, cartão de crédito e financiamento para um estelionatário que usava o nome do meu cliente.
Amiga 1 - Nossa, e a tua ação foi improcedente?
Advogada desanimada da vida - Parcialmente procedente, ele desconstituiu a dívida, mas não deu indenização. Não foi no nome dele né amiga. Pimenta nos olhos dos outros e tal.
Amiga 1 - Absurdo. Eu ando pensando em outro jeito de ganhar dinheiro, fazer outra coisa. Não é possível.
Advogada desanimada da vida - Se descobrir me conta? Qualquer cinquinho por mês tá me fazendo feliz.

....

Amiga 2 - Ai Déia, desculpe não ter respondido teu email, mas minha vida tá um inferno, é prazo, prazo e prazo. Pra completar a merda do computador deu pau.
Advogada querendo esganar um desembargador - Nem te estressa, por aqui não tá diferente, ando atolada. Compra um note, já te falei que essa vida de PC não dá.
Amiga 2 - Sinceramente Déia, preciso é achar outra coisa pra fazer na vida, isso não é vida.
Advogada querendo esganar um desembargador - Nem me fale, eu preciso acreditar na justiça, tu sabe. Não tá dando amiga, não tenho estrutura pra explicar pro cliente esse tanto de injustiça. Se descobrir outro jeito de ganhar dinheiro me conta tá!?

8 comentários:

Anônimo disse...

Essa gente chora de barriga cheia.......entrei no blog para tentar fazer aquele famoso pesto. bjusssssssssssssssssss

Wlady disse...

vixiiii - minha filha mais velha quer fazer Direito, vestibular no próximo ano.
bjk

Indianara disse...

...o "anônimo" fala que se chora de barriga cheia porque não é com ele, aliás, por isso mesmo é "anônimo"....só estando na pele pra saber querido e super sincero "anônimo"... tsc tsc tsc...
Bjo amiga amada, tens todooooo meu apoio!!! hihi....

Lane e Pedro Henrique disse...

Sou mais uma advogada desanimada e a procura de uma atividade nova em qq ramo beeeem distante da advocacia...Agora que ganhei bebê há pouco tempo, larguei tudo de vez. Entendo perfeitamente o que vcs estão falando.

Anônimo disse...

Esta gente gosta de CHORAR de BARRIGA bem cheia......não aguentariam trabalhar uma semana numa empresa, industria ou muito menos num banco.
Eu fiz o XXXXX errado mesmoooooooo.

Andrea Nunes disse...

Ai ai, sem ofensas e sem brigas aqui hein povo! Pode opinar, palpitar, ser contra, mas sem ofender ninguém.

Chá de camomila pra todo mundo!

Andrea Nunes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andrea Nunes disse...

Anônimo, com certeza eu tenho muitas vantangens em ter estudado MUITO para ter a profissão que tenho, me dediquei muito para ser a dona do escritório e não ter chefe, nem horário, muito menos trabalhar mais do que gostaria. Claro que trabalhar numa indústria ou em uma empresa deve ser bem complicado. Em banco eu sei como funciona porque já trabalhei em um. Mas estar em uma posição privilegiada em relação a muitas pessoas e amar o que faço não impede que as vezes eu desanime quando me deparo com algumas situações que envolvem a advocacia.
Se tu ler com atenção vai perceber que meu "desânimo" é em relação direta com aquilo que EU considero injustiças.