sábado, 13 de dezembro de 2008

Festa de 6 anos!!!

Pois então, minha pitoca tá crescendo. Tá uma mocinha que encerrou o ano letivo e fechou a "porta" da educação infantil. Pronto. Essa etapa acabou e não volta mais. Primeiro ano (no meu tempo era primeira série), que vem logo a seguir. Ui!

Aproveitei que ontem foi o último dia de aula, e fiz a festinha de aniversário dela. Esse ano o local escolhido foi a Fun House, onde nós já havíamos feito a festa de 4 anos dela.



Eu tinha uma resistência a Fun House, exclusivamente pelas monitoras do local, que em todas as experiências que tivemos lá, tanto nos 4 anos da Natinha, como nas que éramos convidados foi ruim, meninas sem paciência pra lidar com crianças, com um visível mau humor. Odeio gente de mau humor. Para trabalhar com criança, ou se ama o que faz, ou procure outro emprego. No dia que fechei o contrato fiz questão de expor a situação para a dona da empresa, e que estava apostando novamente na empresa, exclusivamente porque o lugar é ótimo e minha filha e os amigos adoram.

Fui surpreendida positivamente, foi tudo ótimo e INDICO muito a Fun House para festas infantis em São Leopoldo.


* Beijo de amor (fingido, óbvio, ela fica morrendo de medo de errar e me beijar na boca)


* Detalhe da mesa.






* Vovó e Vovô.

Bom, a Natinha estava relizada, no meio de todos os amigos que ela ama, dos nossos familiares e amigos. A festa foi um sucesso!





Esqueci de servir a torta. Tenho um problema sério com tortas nas minhas festas. Comentei com a Fabi, uma amiga, que a Natinha tinha pedido Torta de Bolacha, e como as minhas tortas normais sempre sobram quase inteiras eu faria a tal Torta de Bolacha e não encomendaria torta pronta. A Fabi me diz:

- tu sabes Déia, nas minhas festas as tortas saem bastante, quase nunca sobra nada.

Fiquei pensando sobre isso e me dei conta que o problema da torta sou eu, como não como, acabo não oferecendo muito.

Mas mesmo assim optei pela Torta de Bolacha, que congelei pra poder desenformar, uma receita nova, da minha amiga Indi (que não foi na festa e eu tô magoada viu Dona Indi!!!).



No final da festa quase morri de rir com a Fabi, quando me dei conta que tinha esquecido a torta, e dessa vez, esquecido mesmo, não ofereci uma fatia sequer!

Ano que vem a torta será de isopor, tá decidido!!!!

Acabei doando a torta inteirinha pra Lúcia que trabalha comigo, que saiu bem feliz com a sobremesa do final de semana garantida!


*Abrindo os presentes, já em casa, com alguns amigos.

----> E cadê o pai desta criança nas fotos?? Ahhhhhhh, o pai esqueceu de bater foto! Não, não é só a mãe que teve esquecimentos nesta festa! Rá! :)

3 comentários:

indianara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
indianara disse...

Ahhhh!!! não fica triste comigo amiga, TPM é cruel comigo, mais do que tu imaginas! Me avisa quando posso ir aí levar pra Natinha o presente dela, acho que ela vai gostar, hehe!! Bjão, te adoro, e não fica braba comigo, prometo me redimir... Indi.

Andrea Nunes disse...

Indi, não estou braba não! Vamos combinar pra essa semana sim...