sexta-feira, 27 de março de 2009

Todo mundo estudando,

menos a "mamãe"...

Natinha está quase lendo, iniciou o Primeiro Ano esse mês e está adorando a professora nova, os novos amigos e as tarefas. A escolha do turno da manhã deveria ter sido feita antes. Me dava pena sabe, acordá-la às 06:30 era uma maldade que eu não queria cometer. Agora, passados vinte dias neste novo horário vejo como eu estava errada, crianças devem estudar pela manhã sim, vão pra escola mais bem dispostas, dormem mais cedo e acabam ficando mais tranquilas.


Natinha no seu primeiro dia de escola. Primeiro Ano. Detalhe pro "fofo" que não sai do colo dela nunca!

++ Amado marido voltou a estudar também, depois de mais de 10 anos de formatura, a essa hora ele está sentado em uma sala de aula, fazendo especialização em Prática Previdênciaria.

Se eu vou voltar pra sala de aula um dia? Sem chance! ;o)

4 comentários:

Wlady disse...

Que fofa! Eu pensava exatamente como vc quanto à escolha do período da manhã para minha pequena (5 anos)e hoje vejo que estava errada, sem dúvida o rendimento é muito melhor! Huuuum, voltar a estudar, eu tenho consciência que é necessário, até porque no meu trabalho no programa de acesso à carreira um dos requisitos é a atualização. Mas tá difícil disposição!!! Acho que quando a criança cresce a disposição volta!

­»Fabi«­ disse...

Ahh bateu uma crise nostálgica agora.. Era tão bom ser criança, o unico problema era ter que decorar a tabuada do 9.. Mas eu sobrevivi.

­»Fabi«­ disse...

PS. minha professora era mto má. Ela fazia chamada oral de tabuada. Momento mais tenso da minha infancia.

Andrea Nunes disse...

Wlady, as "pequenas" nos sugam muito mesmo, além do trabalho, da organização da casa, tem os temas, as brincadeiras, o levar pra lá e pra cá, amado marido ajuda muito, se responsabiliza também, mas a maior parte das coisas da Natinha ficam comigo, então eu não tenho disposição mesmo. Na minha área é mais fácil, se manter atualizada depende de leitura, leitura, leitura, e isso eu faço muito!

Faby, malvada mesmo, matemática pra mim sempre foi um horror! Mas amiga, dá uma saudade do nosso maior problema ser decorar a tabuada do 9 né, se a gente pudesse imaginar que teriam coisas bemmmmmmm mais complicadas pra administrar com o passar dos anos...

beijoca