segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Melhorei, piorei, melhorei...

Dia dos Pais, ontem, com churrasquinho feito pelo meu pai aqui em casa. Meu pai é o único que faz churrasco e compra o que cada um de nós, 3 filhos gosta. Tem a picanha pro Leo, a maminha ou vazio para mim e a costelinha de porco pra Sã. Coisa de pai sabe. Quando meus pais se separaram era uma das inúmeras coisas que me faziam sentir muito a falta dele. Os churrasco de domingo, onde sempre era o pai de outro alguém que fazia e por conseguinte, eu não tinha ninguém pra me servir a lasquinha de carne pura bem passada. Os churrascos perderam a graça, definitivamente. Pra quem já não é fã de carne...

Então me domingo foi feliz com os melhores pais que conheço, o meu e o da minha filha.

Aí hoje uma tpm brava, uma deprezinha. Uma vontadinha de chorar. Ando me sentindo tão frágil, tão sozinha. Meia barra de Hershey`s meio amargo, se não passar a outra metade vai ligeirinho. Se vai.

Um comentário:

Ana disse...

Xiiiiiiii, eu também andava assim !!!!
Mas, tá passando.