domingo, 9 de maio de 2010

Dia das Mães - Mãe de duas!

Então, há sete anos e 4 meses eu me tornei mãe. Mãe de uma. E agora são duas. Uma que já conheço cada pedacinho, cada sorriso, cada olhar tristonho. Uma que me enche de orgulho, de preocupação e que me faz chorar na apresentação da escola. Uma que me tornou não só mãe, mas me tornou alguém melhor. Muito melhor com certeza. Aprendi com ela que não existem verdades absolutas. Aliás, aprendi que odeio minhas antigas verdades absolutas. Aprendi que sou forte pra caramba, mas que sou frágil na mesma proporção. Aprendi a mudar de idéia e a pedir ajuda. Aprendi que sou capaz de tudo e de qualquer coisa. Sem sombra de dúvida conheci o maior medo de todos, da minha filha doente. Aprendi que toda mudança que a maternidade trás não é feita de sacrifícios e sim de realizações. Conheci um amor que eu não conhecia e não sabia que era possível. Amor incondicional.
* Natália na apresentação da escola ontem. Chorei. Óbvio.

A outra eu ainda não conheço. Sei dela apenas algumas pequenas coisas. Que ela não gosta que eu me abaixe pra pegar algo no chão, ao fazer isso em seguida levo um cutucão. Ela tem um nariz redondinho e gosta de brincar dentro da minha barriga todas as noites na hora que vou dormir. Sei que ela está crescendo saudável, tem todos os dedinhos, as duas orelhas, já abre a boquinha e odeia quando o Tio Lucas fica apertando sua "casinha" na hora do ultrasom. Sei que o coraçãozinho dela bate rápido e forte e que ela já está com 300 grs e mede 21 cm.
* Andressa. 4 meses de gestação.


Sem medo de errar digo que ser mãe me tornou alguém melhor como pessoa. Sou mais leve, mais feliz e muito mais realizada!

2 comentários:

Beta disse...

Feliiiiiz nosso dia!!!!!
Tá linda a barriga!
Bjo

Andrea Nunes disse...

Beta, obrigada querida, feliz dia pra nós!