quinta-feira, 20 de maio de 2010

A verdade nua e crua... ou aquilo que ninguém te conta antes de tu engravidar II

Eram 20 hs e essa pessoa muito grávida já estava dormindo. Um dia cheio, de andanças pra lá e pra cá, entrar e sair do carro, entrar e sair de prédios. Pernas e coluna me matavam. Nada como um banho, uma comidinha qualquer e cama fofinha de edredons quentinhos, sim, já é inverno nessas bandas de cá.

Na madruga boladona,
sentada na esquina

Mentira, nem era madrugada ainda. Umas 22 horas eu acordo tendo caimbrãs horríveis nas pernas. Não era aquela caimbrã na batata da perna que tu puxa o pé e para. Eram em músculos que eu nem sabia que eu tinha. Meu pé direito entortou todo, pra cima e pra esquerda. Eu gritava chamando o safado, digo, o marido que estava bem concentrado na sala secando o Grêmio que jogava com não sei quem.

Claro que ele não escutava, juro que chorei de tanta dor e desespero, porque a coisa era nas duas pernas ao mesmo tempo e eu simplesmente não conseguia me mexer.

Telefonei. Sim. Dentro da minha própria casa telefonei pro cretino, ops, amado marido que estava com o celular dele na sala. Ele achando que era alguma gracinha minha ainda parou pra ver só mais um lance do jogo. Berrou um já vou. Se eu pudesse caminhar nessa hora tinha matado ele.

Pensem no meu bom humor! Então.

Praguejei até a sétima geração dele, enquanto o coitado não sabia o que fazer com aquelas pernas se retorcendo em caimbrãs. Muita massagem depois. Já tendo acordado a filha e mais uns 5 vizinhos a coisa melhorou e eu consegui dormir de novo.

Continuo com os músculos das pernas super doloridos. E tô achando que a gente podia colocar a barriga no marido nem que fosse por umas horas por dia.

Prontofalei!

4 comentários:

Lê Tavares disse...

Nossa Andrea nem me fala, eu que sei o que são estas câimbras horrrrrríveis, bom meu médico receitou bananas...rsrs sério mesmo, mas adiandou. Não digo que não tive mais, mas que melhorou bastante, melhorou.
Bjs

Déia. disse...

Oi Xará grávida é tudo igual ( e os maridos tambem!)
Nossa, como eles tem sensibilidade ne?
Mas adorei seu blog. Vou te seguir.
Beijos

Andrea Nunes disse...

Lê, eu como banana TODOS os dias, aliás, minhas duas frutas do dia são mamão e banana. Só espero não ter isso nunca mais, foi realmente horrível.

beijoca

Andrea Nunes disse...

Déia Xará, verdade!!! Seja bem vinda viu...
bj