quarta-feira, 7 de abril de 2010

Triste e ansiosa...

Meu dia foi horroroso hoje. Cheguei super cedo no escritório, como sempre, e tentei adiantar tudo que podia. Serviço em dia e me sentindo bem resolvi ir ate a Renner de Novo Hamburgo ver se conseguia uma daquelas calças de gestante que a barriga pode ir aumentando que a calça acompanha. Achei a bendita e acabei comprando outras coisinhas pra Natinha também.

Dei uma olhadinha em lojas de calçados infantis, ela precisa de uma galocha pro inverno que está chegando!

Uns 40 minutos circulando foram suficientes para a dor alucinante voltar. Sai do shopping caminhando feito uma pata de tanta dor.

Almoço estressante em casa, com dor, barulho e confusão já que hoje era dia de faxina em casa.

Humor péssimo e volto pra trabalhar, me estresso com cliente. Me estresso com um advogado que estou fechando um acordo. Dor que não passa. De saco cheio e ainda precisando ir ao fórum concretizar um acordo e buscar a Natinha na aula de teatro, surtei quando pedi ao marido pra ir ao fórum pra mim e ele reclamou.

Marido acabou indo, mas fiquei realmente chateada, acho que fico esprando que o mundo inteiro pare pra me acalmar e me dizer que esta tudo bem. Tento fingir não estar preocupada com essa dor mas não estou conseguindo. Enquanto não fizer a ultra e ver meu baby bem não vou ficar tranqüila. Eu suporto toda dor que tiver que suportar desde que tenha certeza absoluta que piolho está bem.

Cheguei em casa com o celular tocando sem parar. A empregada avisando que não pararam de ligar atras de mim. Desabei. Chorei por uns 30 minutos de nervosa, cansada e me sentindo injustiçada por não conseguir estar tranqüila nesta fase.

Ultra marcada pra sexta, espero que o tempo voe ate lá.

3 comentários:

Luiza disse...

Andrea, espero que tudo fique bem (e que a dor seja só mais um susto).
Vou torcer por vocês por aqui viu?
Beijo!

Wlady disse...

Andrea, fique calma!
Nas 2 gestações senti muitas dores, eu tinha contrações uterinas prematuras, com isso eu não podia abusar de esforços físicos. Eu ia trabalhar, mas nada de caminhadas, passeios a shopping, supermercados, ...
Mas graças a DEUS, tudo terminou muito bem, mesmo minhas filhotinhas tendo nascidas prematuras (respectivamente, 34 e 35 semanas, saíram do hospital comigo, na mais perfeita saúde.
Tudo dará certinho para vc, acredite!!
grandre bjk
grande bjk

Andrea Nunes disse...

Gurias, obrigada pela força, já já eu voltou com as novidades e sim, está tudo bem conosco.